21º Café com Energia - FIEC e SEBRAE - O crescimento exponencial da Energia Solar Fotovoltaica - NHS Solar skip to Main Content

21º Café com Energia – FIEC e SEBRAE – O crescimento exponencial da Energia Solar Fotovoltaica

21º Café Com Energia – FIEC E SEBRAE – O Crescimento Exponencial Da Energia Solar Fotovoltaica

A capacidade instalada em energia solar fotovoltaica no mundo bateu a marca de 400 gigawatts. Aliás, é uma das que mais crescem no planeta. Embora não seja a maior fonte de energia renovável em geração de energia elétrica, é a que mais gera empregos. Afinal, um terço dos empregos oriundos de energias renováveis são de negócios ligados a fonte solar fotovoltaica. Isto é, um total de 3,4 milhões de pessoas empregadas em projetos de energia solar em todo o mundo.

Os dados foram apresentados pelo presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Rodrigo Lopes Sauaia, na 21ª edição do Café com Energia nesta sexta-feira (19/10), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Comemorando a boa notícia da geração de empregos, o presidente da entidade destacou o valor agregado desse tipo de energia.

Em suma, “A solar fotovoltaica é muito mais que só energia elétrica. Ela gera emprego, atrai investimento e desenvolve a indústria e suas cadeias produtivas agregando alto conteúdo tecnológico. Sem falar nos benefícios ambientais, dada a baixa emissão de gases e a não utilização de água, o que para o Nordeste é um grande benefício”, ressaltou.

Conforme Sauaia explicou, a expansão de investimentos na área é motivada pela redução de preço. “A tecnologia solar fotovoltaica já se barateou 200 vezes em 40 anos. E vai continuar reduzindo seu preço tão forte que vai se tornar a fonte mais barata de energia do planeta até 2025, dependendo da região do mundo. Nesse sentido, tem tudo para dominar o mercado”, acredita.

Energia Solar Fotovoltaica cresce no Brasil

Em relação ao Brasil, o país encontra-se na 32ª posição em volume instalado. Porém em 2017 foi o 10º que mais instalou esse tipo de energia, o que sugere, segundo o especialista, que há uma forte tendência de crescimento.

Por certo, “o Brasil tem um potencial solar de excelente qualidade, dentre os maiores do planeta. O Nordeste se destaca, em especial o Ceará. O Atlas Solar, que está em elaboração, pode contribuir para atração de investimentos para o estado”, disse.

3º Congresso Brasileiro de Geração Distribuída

Na abertura do Café com Energia, o presidente do Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviços do Setor Elétrico do Estado do Ceará (Sindienergia), Benildo Aguiar, afirmou que a elaboração do Atlas Solar e Eólico está em estágio avançado. Benildo também convidou a plateia a participar nos próximos dias 24 e 25 de outubro do 3º Congresso Brasileiro de Geração Distribuída, que será realizado no hotel Praia Centro, com a parceria do Sebrae e da FIEC.

Participaram desta edição do Café com Debate o gerente do Observatório da Indústria, Guilherme Muchale, que apresentou o Observatório, inaugurado em 9/10, e o secretário de Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno.

 

As informações são da Revista Litoral Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top