Como a Califórnia usou a energia solar e eólica para reduzir a dependência de energia hidrelétrica e gás natural - NHS Solar skip to Main Content

Como a Califórnia usou a energia solar e eólica para reduzir a dependência de energia hidrelétrica e gás natural

Como A Califórnia Usou A Energia Solar E Eólica Para Reduzir A Dependência De Energia Hidrelétrica E Gás Natural

A Califórnia vem se destacando a cada ano pelo uso da Energia Solar e eólica. Com isso, os resultados positivos começam a se evidenciarem cada vez mais no estado norte americano. Afinal, os parques eólicos e solares estão surgindo em toda parte para reduzir as emissões de carbono. Logo, essas energias renováveis também têm outro efeito importante: manter mais água no solo.

Conforme um novo estudo da Nature Communications, liderado pela Universidade de Princeton, mostram como a energia solar e eólica não apenas melhora a resiliência à seca. Mas, também ajuda na sustentabilidade das águas subterrâneas.

Usando a Califórnia propensa à seca como um estudo de caso, os pesquisadores mostram que o aumento da energia solar e eólica pode reduzir a dependência da energia hidrelétrica. Ainda mais, durante a seca. Consequentemente, isso poderia ajudar a desviar mais água de superfície da energia hidrelétrica para a irrigação, reduzindo assim a captação geral de água subterrânea.

Embora o escopo deste estudo se concentre nos Estados Unidos, a estrutura também pode ser aplicada internacionalmente. Especialmente, para os formuladores de políticas que trabalham para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Conforme Xiaogang He, principal autor do estudo, que trabalhou no estudo como Ph.D. estudante em Princeton. Atualmente, ele é pós-doutorado em Água no Oeste na Universidade de Stanford.

“Tradicionalmente, o valor social da energia solar e eólica concentra-se principalmente na mitigação da poluição do ar. Bem como, nas reduções de emissão de carbono”. Conforme disse He, professor assistente do departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Nacional de Cingapura. “No entanto, se olharmos para o problema de um ângulo diferente – como o nexo água-comida-energia.

Assim, nosso artigo identifica alguns efeitos não reconhecidos e subestimados que foram negligenciados em estudos anteriores”.

Pesquisa na Califórnia aponta vantagens da Energia Solar

A equipe de pesquisa desenvolveu uma estrutura de fronteira para quantificar como a energia solar e eólica poderia beneficiar a sustentabilidade das águas subterrâneas. As estruturas de trade-off são particularmente úteis para as políticas, pois analisam vários resultados – como quanta energia solar e eólica deve ser usada para maximizar a receita econômica ou como a energia solar e eólica pode garantir a recuperação das águas subterrâneas. Os pesquisadores usaram a estrutura para quantificar os caminhos ideais para maximizar a hidroeletricidade e a renda agrícola, evitando o esgotamento das águas subterrâneas.

Seus colaboradores usaram a Califórnia como estudo de caso. Uma vez que, é o maior produtor agrícola dos Estados Unidos. Também sofreu uma das secas mais graves já registradas entre 2012 e 2017. O que serviu como catalisador para regular o uso irrestrito das águas subterrâneas. Ao mesmo tempo, a eletricidade solar e eólica começou a exceder a energia hidrelétrica no estado, graças aos preços mais baixos e aos mandatos do estado.

Embora o setor agrícola do estado ainda tenha conseguido ganhar US $ 47 bilhões durante esse tempo. Consumiu uma grande parte em reservas de água subterrânea insustentáveis, essa estratégia é insustentável no futuro. Com mais secas projetadas na Califórnia – juntamente com o aumento da demanda de água devido ao desenvolvimento socioeconômico -, isso sobrecarregará o armazenamento de águas subterrâneas, disse ele.

A energia solar e eólica está ajudando, e continuará a fazê-lo, de acordo com a estrutura dos pesquisadores. Os resultados sugerem que é benéfico implantar simultaneamente energia solar e eólica e impor regulamentações sobre o uso da água subterrânea mais cedo ou mais tarde. Quando essas duas políticas funcionam em conjunto, há um benefício geral aumentado.

Planejamento para implementação de Energia Solar e eólica

“Nossos resultados também sugerem que os formuladores de políticas precisam levar em consideração as perspectivas de longo prazo. Ou seja, do esgotamento das águas subterrâneas. Com isso, planejando a implantação de energia solar e eólica”, afirmou. “Se os aquíferos subterrâneos continuarem se esgotando no futuro, o valor agregado da penetração da energia solar e eólica diminuirá em grande parte”.

Ainda assim, os pesquisadores pedem cautela ao extrapolar essas descobertas para recomendações de políticas em menor escala. Eles enfatizam a modelagem integrada entre as disciplinas, o que pode ajudar a resolver os problemas entrelaçados relacionados à água, alimentos e energia.

Conforme informações da Eco Debate.

Conheça a NHS Solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top