Políticas públicas visam desenvolvimento no semiárido através de Energia Solar - NHS Solar skip to Main Content

Políticas públicas visam desenvolvimento no semiárido através de Energia Solar

Políticas Públicas Visam Desenvolvimento No Semiárido Através De Energia Solar

As políticas públicas que envolvem o setor de energia renovável no país estão se intensificando. Por exemplo, no norte de Minas Gerais, a produção de energia gerada a partir da geração distribuída tem sido utilizada como inserção social e também desenvolvimento regional.

Conforme o secretário de desenvolvimento econômico e agronegócio, Walter Moreira Abreu, atualmente a região do semiárido conta com um grande potencial de geração de energia solar fotovoltaica. Porém, ainda pouca utilizada.

“Se você observar o mapa do semiárido e sobrepor ao mapa do semiárido com desenvolvimento social você vai ver que onde tem mais insolação é menos desenvolvido no poder social e econômico. Afinal, isso porque até então esse excesso do sol era um adversário. Tanto das atividades produtivas como agricultura quanto a pecuária. Alem disso, a competitividade que tem hoje a energia solar fotovoltaica vem para substituir essas atividades tradicionais por atividades de tecnologia. Especialmente, aquela que a matéria prima é gratuita, que é sol” explica ele.

Políticas públicas e o desenvolvimento social

O desenvolvimento social e econômico que envolve o setor de geração distribuída a partir de fontes renováveis é muito importante. O secretário acredita que nas mudanças nas regras e leis que envolvem o setor nos próximos anos. Assim, o cenário deve se tornar ainda mais essencial. “Transformando essas normativas em lei nós podemos fazer da geração distribuída solar fotovoltaica o maior instrumento de inserção social da história das políticas públicas desse país” reforça ele.

Dentre os modelos de negócios citados por Abreu e que estão previstos para esse crescimento na geração distribuída no semiárido está o projeto de locação. Afinal, o pequeno produtor rural poderá locar seu telhado ou cobertura. Alem disso, o banco financia a compra dos equipamentos e o locatário se beneficia com os créditos gerados da produção. Outro modelo citado também é a presença de painéis solares em prédios públicos. Assim, gerando economia na conta de energia elétrica. Uma vez que, os mesmos consomem uma grande demanda e geralmente pagam caro por isso.

Conforme informações do Portal Energia Solar.

Conheça a NHS Solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top